Nosso site utiliza cookies para melhorar a navegação do usuário. Os cookies são pequenos arquivos de páginas que você visita e que ficam salvos no seu computador. Clicando em "Eu Aceito!", você concorda com esse armazenamento no seu dispositivo e nossa Política de Privacidade.

Mundo do Aço

Produção de veículos cresce e deve pressionar demanda por aço crédito: Volkswagen/Divulgação

A produção industrial brasileira emplacou a sétima alta seguida em novembro, com crescimento de 1,2%, segundo pesquisa do IBGE divulgada nesta sexta-feira, 8 de janeiro.

O setor de veículos automotores, reboques e carrocerias continua puxando o desempenho da indústria - expansão expressiva de 11,1%. Com isso, superou o patamar pré-pandemia pela primeira vez.

A perspectiva de que as fábricas continuem produzindo mais carros deve pressionar a demanda por aço em 2021, cujo abastecimento ficou comprometido após a retomada da economia em 2020.

No ano passado, o consumo do material foi impulsionado pelo crescimento forte da construção civil a partir do segundo trimestre. Como as siderúrgicas tinham desligado seus alto-fornos no início da pandemia com a queda da demanda, houve desabastecimento, e o preço do aço disparou.

Em abril, com a disseminação do coronavírus, as montadoras fecharam as fábricas, e a produção praticamente zerou. Foi o pior mês para o setor automotivo desde a instalação dessa indústria no Brasil, em 1957.

A magnitude do crescimento e a importância desse setor na indústria também se reflete em outros ramos, já que a produção de veículos influencia atividades como metalurgia, com estímulo da produção de aço, e outros produtos químicos, área que engloba tintas de pintura, por exemplo. Ambas tiveram alta em novembro, de 1,6% e 5,9%, respectivamente.

“É a tendência deste período de retomada da produção após os meses mais rigorosos de isolamento”, afirma André Macedo, gerente da Pesquisa Industrial Mensal (PIM) do IBGE.

Levantamento de novembro, o mais recente, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostra que a dificuldade de conseguir matéria-prima atinge 75% das indústrias de transformação no país.

 

Comente aqui
O seu endereço de e-mail não será exibido no comentário
Campos obrigatórios estão indicados com ( * )
Ainda restam caracteres.
Seu comentário está aguardando aprovação.
Obrigado pelo seu comentário!

ferrominas@ferrominas.com.br

Rua Virgínia Brandão 157 - Santa Luzia
Centro, Ubá - MG, 36506-006